domingo, 9 de agosto de 2009

Wanted

Lá vou eu num desses sábados que não quero saber do mundo lá fora (que, aliás, estou fugindo do mundo lá fora para não ter que cumprir determinados "compromissos"), atada a uma conversa (skypiana) com Laura, achar tranqueiras. A mais nova delas é um mangá de volume único que se chama Wanted.

Da mesma manga-ká do Vampire Night (já comentado aqui), Matsuri Hino, ele conta a estória de Armeria, uma órfã (kd a novidade?) cantora desde menina, adotada por músicos que trabalham em um castelo para um governador (meio sem pé nem cabeça mesmo). Lá ela conhece Luce, o sobrinho do tal Govenador e, como ela mesma descreve, o único aristrocrata gentil que já conheceu.

Porém Luce é sequetrado por um pirata (ah, o cenário é este) conhecido por Skar e a partir daí a menina jura resgatar seu primeiro amor. Oito anos depois ela está disfarçada de marujo e acaba por ser contratada pelo navio do Skar.

É gente, o Skar obviamente é "aquela coisa" que todas nós, que lemos mangás românticos, conhecemos - lindo, sexy, macho, protetor, poderoso, e bom caráter na pele de um mercenário - claro. Nem preciso dizer que logo logo descobrem que ela é uma mulher, né? Que ele a coloca dormindo junto com ele, né? Que os dois se apaixonam, né? E que (SPOILLLLLEEERR) ele é o Luce... coisa que era insuportávelmente óbvia desde o início.

Esse mangá NEM SE COMPARA ao Vampire Night. O final foi insuportavelmente fraco. O enredo muito sem alinhavo. Argumentos FRACOS a bessa!

Sinceramente? Não é imperdível. Mas quer checar? Compre ele aqui! Ou confira ele aqui (inglês)!

2 comentários:

Laura Schwartz disse...

Mangazinho fraco, nem vale a pena comentar.

Diana Bitten disse...

É vero.

O triste é que podia ser muito melhor. Foi mal aproveitado!