segunda-feira, 21 de setembro de 2009

True Tears

Encontrei este anime totalmente por acaso e fiquei muito feliz por ter descoberto uma obra que, mesmo sendo shoujo, retrata tão bem a individualidade emocional humana.

Uma amiga minha disse assim: "Falando isso parece que shoujos são ruins". Não é isso, é que a maioria dos shoujos (principalmente os school life) não são tão primorosos quanto ao conteúdo, abordam os assuntos de forma mais infantil ou fantasiosa. Esse é diferente, já que a estória foi lindamente contada de uma forma muito humana, realista e com metáforas muito sutis, dando um charme especial à obra.

True Tears tem como personagem principal o estudante Shinichiro, porém os personagens secundários tem um destaque e uma importância grande na trama. Hiromi Yuasa, colega de escola, perdeu seus pais e se viu obrigada a ir morar na casa de Shinichiro, por serem amigos da família. Mesmo que na escola a menina ainda conserve uma imagem descolada, praticante de esportes e popular, no ambiente doméstico a mesma é recatada, oprimida e passa a impressão - inclusive para Shinchiro -, de estar constantemente sofrendo.

Shinchiro tem um melhor amigo chamado Miyokichi Nobuse que, devido ao intermédio do próprio Shinchiro namora Aiko Endo, de personalidade forte e que, mesmo sendo estudante, trabalha duro em sua própria lanchonete. No colégio Shinchiro conhece uma menina muito excêntrica e com uma fama estranha - Noe Isurugi e, a partir do primeiro contato entre os dois, sua vida começa a mudar e a estória, então, se desenvolve. Estória essa que não posso aprofundar para não estragar o anime, já que seu grande charme é, mesmo tendo um ritmo lento dos acontecimentos, bem típico das estórias slice of life, nos mantém presos na expectativa do que acontecerá em seguida.

Eu A-DO-REI o anime. Realmente é uma estória simples, mas contada de uma forma muito interessante, que faz com que durante todo o tempo fiquemos atentos, curiosos, na torcida e, ao mesmo tempo, tensos, já que o clima em alguns momentos não nos dá uma dica se o acontecimento a seguir será favorável ou não. Prestem atenção também ao gráfico! Em alguns momentos tem uns efeitos "de câmera" muito bacanas!

Um comentário que necessito fazer é sobre as metáforas e as nuances psicológicas próprias de cada personagem. Muito boas! Bem feitas e realistas! No final acredito que apenas um personagem é emocionalmente saudável, o Nobuse. Não que isso seja um ponto contra, muito pelo contrário, já que como disse o anime atrai justamente pela fidelidade à realidade.

Olha, antes de terminar TENHO que fazer um leve spoiler. O anime tem de tudo, romance e drama principalmente, mas não se assustem pois também insinua incesto. E, acreditem, até isso é de forma sutil e bonita.

Queria poder contar mais... mas para não perder a graça só digo que RECOMENDO! Chequem AQUI!

4 comentários:

Laura Schwartz disse...

Não li. Comento depois que assistir. hehehehehhe

Diana Bitten disse...

Veja sim pois é, de uma forma singela, muito bacana. To esperando seu comentário!

kuchiki-rukia disse...

abe eu peguei sua recomendaçao,e achei muito bom eu adorei o grafico e bonito e a estoria te prende mesmo.obrigado pela dica.

Diana Bitten disse...

Valeu a visita e adorei que vc tb tenha gostado!!

Abços!