domingo, 6 de setembro de 2009

Bitter Virgin

Agora falarei de Bitter Virgin, que foi a surpresa mor da semana! Até minha mãe sentou do meu lado no computador para acompanhar o desenrolar dos fatos. Sinceramente (ainda traumatizada com os frequentes fiascos que tenho lido) achei que este seria muito fraco, mas quando vi que era seinem imaginei que seria menos pior do que os outros, já que homens não tem tanta paciência para aturar pieguices. Realmente não estava enganada, esse mangá não é piegas, mas uma coisa afirmo: seinem também não é. EU classificaria como Josei.

Conta a estória de Suwa Daisuke, um rapaz muito popular que, além de estudar, ajuda a mãe no restaurante familiar, mas sonha em se mudar para Tóquio, assim como fez sua irmã. Estuda em sua escola uma nova aluna chamada Aikawa Hinako que, como o próprio Daisuke afirma, é a única meninha que não faz seu tipo, já que tem uma personalidade virginal, tímida ao extremo e anti-social, principalmente com os homens. Pronto, e agora começam os SPOILERS (nesse eu não vou aguentar)!

Só que por um truque do destino, Daisuke acaba por estar no confessionário justamente na hora que Hinako faz uma tremenda confissão (em detalhes): ter sido estuprada continuamente pelo padrasto, ter abortado uma vez e ter tido um filho (que atualmente tem um ano e mora com pais adotivos) desta "relação". O que faz a vida de Daisuke virar de cabeç apara baixo.

O que antes era um simples incômodo para ele, se torna sua obcessão. Ele muda completamente a forma como enxerga (e age com) Hinako e desperta um instinto protetor sobre a menina que, posteriormente, vira paixão. Só que, para protegê-la ainda mais e poupá-la do sofrimento, ele esconde seus sentimentos para que posso se relacionar com ela. E, justamente por saber que Daisuke não tem interesse por ela, eles começam uma amizade.

Muita coisa surge, a irmã volta grávida, Daisuke tem que manter um relacionamento com uma outra menina para proteger Hinako, ele a salva de mais um estupro, olha, resumindo, a estória é bem encorpada, não enrola em momento nenhum. E, mesmo tratando de temas fortes, ela não tem um peso desenecessário.

Mas o que mais chama a atenção (e foi nisso que me convenceu mesmo) é a humanidade dos personagens. TUDO o que ocorre na série é totalmente possível de acontecer na vida real! O oposto do que vemos em 98% dos mangás que sempre pecam por ter alguma cena fantasiosa, exagerada ou desnecessária. Ah! Notem que até o gráfico é diferente, mais maduro e com detalhes importantes.Vale a pena! Eu gostei e RECOMENDO! Muito humano e realista! Cheque AQUI!

12 comentários:

Laura Schwartz disse...

eu já tinha separado este pra ler faz tempo! Só que quando formatei o comp perdi do meus favoritos, mas agora serei obrigada né? Não li nada do seu post a partir da parte que vc diz que vai ter spoilers. Depois volto e leio de novo quando eu tiver lido o mangá.

Diana Bitten disse...

Vale a pena sim, bom, pelo menos EU achei.

Volto a comentar, o que atrai é a humanidade e o tom realista da obra.

Espero que goste como eu.

Nefasta disse...

Nossa, fiquei muito interessada neste mangá! Temas muito atraentes! Obrigada pela dica. ^.^. Seu blog é muito bom, parabéns!

Diana Bitten disse...

Obrigada pelo elogio e, em relação ao mangá, vale a pena!

Laura Schwartz disse...

Li ele todo hoje, domingão, preguiça, ar condicionado, laptop do pai, li deitada na cama, uma beleza! huahuahuhauahuah Adorei! Não tem nada a ver com o que eu tinha pensado que era quando li a sinopse. Muito bom!

Diana Bitten disse...

Eu não disse que era bom? Fico feliz que você tenha gostado como eu!

Yuuko disse...

Oi, Diana! :)
Tudo bom?
Wow, que blog legal você tem! *o*
Pelo jeito você conhece bastante de mangás, hein!
Bom, só passei mesmo pra conhecer e pra dar um alô. ;-)

Achei bem interessante esse título. Vou dar uma checada nos outros posts...

Té +!

Diana Bitten disse...

Olá, tudo bom.

Obrigada pelo elogio! Mas, antes que se engane, eu não conheço muito sobre mangás.

Gostei do seu blog tb! Adorei os resumos que li, muito completos e bem elaborados.

Bem vinda e volte quando quiser!

Gabriel disse...

Hahaha, esse manga foi uma surpresa pra mim.
Eu peguei ele só pelo nome num desses sites onde se lê mangas online pensando que era uma comédia romântica idiota (queria rir um pouco) e a confissão da menina me acertou que nem um soco na cara! Fiquei até tonto.
Muito bom esse manga, li rapidinho também. Pena que o final é mais ou menos, depois de TANTO sofrimento e ainda me colocam um final pessimista daqueles...

Diana Bitten disse...

Olá, seja bem vindo Gabriel.

Foi o mesmo susto que eu levei. E exatamente por causa disso eu acho que acabei me envolvendo na estória. rs

Só não concordo com uma coisa q vc disse: final pessimista?? Achei não! Achei realista e que apenas sá margem para termos nossas próprias interpretações. Pense nisso...

Volte quando puder! É legal ouvirmos outro ponto de vista!

vanessa disse...

Uia! Eu já tenho no pc esse mas não li ainda. Eu sabia que ela tinha sido estuprada, mas abortar e ter um filho de um ano dado pra adoção! Putz, que barra pesadíssima!Parece mais novela da globo do que mangá japonês, seria um baita exagero se infelizmente não fosse coisa que de vez em quando aparece de verdade nos jornais por aí...
Vou separar pra ler logo!

Diana Bitten disse...

O interessante é que, mesmo com esse clima MUITO pesado, omangá é MUITO bom!!!

Ele conseguiu mostrar de uma forma tão bacana, que não é muito agressivo, sabe? Porém é muito realista. Muito bom!!

Leia logo sim! Bjokas!