quinta-feira, 11 de junho de 2009

Special A

Special A é anime school life shoujo, beeeem shoujo mesmo. Para quem gosta desse estilo não tem como não curtir. Apesar de eu ter achado bem infantilzinho eu curti bastante.

O gráfico é, como disse, um pouco infantil, o enredo tb, mas me ganhou pois vi vários personagens muito bacanas! PRINCIPALMENTE a protagonista.

Conta a estória de Hikari Hanazono e seus amigos, todos integrantes da Special A, que é o grupo dos sete melhores alunos de uma escola de elite, que estudam separadamente e são idolatrados pelo restante da escola. Fora a Hikari, todos podem ser considerados "pobres meninos ricos", com personalidades e características pessoais bem marcadas, o que faz os personagens secundários darem um charme à estória. A menina Hikari é TUDO DE BOM, é difícil vermos uma protagonista de anime tão bacana, sem nóias e não-idiotinha como ela!

Mas indo direto ao ponto, o eixo principal é a relação da Hikari e do Kei Takishima. Eles se conhecem desde criança e ela desde o início ficou obcecada por ser sua rival. É, rival - de forma acadêmica e atlética. Dentro dessa rivalidade doentia, nasce o amor, claro. Mas a comédia é que (tb diferenciando das demais) o Kei não faz a mínima questão de esconder sua paixão e investe sem dó. Só que a Hikari simplesmente é tão focada na sua rivalidade que não nota absolutamente nada! E daí saem cenas hilárias! Claro que com o tempo ela começa a se questionar sobre seus próprios sentimentos... mas é melhor quem quiser checar, pois vale a pena! (para não ser perfeito, eu achei o fim meio fraquinho o que, como digo sempre, está se tornando uma constante...)

É leve, mas recomendo! Confira AQUI!

3 comentários:

Laura Schwartz disse...

Com certeza recomendo!

Gracinha de anime, nos rendeu muitas gargalhadas! E é sempre refrescante uma protagonista não totalmente inútil e tapada.

Diana Bitten disse...

Tenho que discordar. A protagonista não era "não totalmente inútil e tapada" simplesmente, ela era MUITO bacana!!! Como poucas!

Laura Schwartz disse...

Exato, ela não era totalmente inútil e tapada, como a Miaka, ela era ótima!