segunda-feira, 7 de junho de 2010

Uma Bebida e um Amor Sem Gelo, Por Favor

Desafio Literário
Mês: Junho - Autora Brasileira

Título: Uma Bebida e um Amor Sem Gelo, Por Favor
Autor: Liliane Prata



A proposta do Desafio Literário desse mês foi lermos uma autora brasileira e, na decisão, resolvi inovar e escolher uma autora não muito conhecida, fugir um pouquinho dos clássicos. E nessa procura eu achei esse título, no mínimo, bacana: Uma Bebida e um Amor Sem Gelo, Por Favor, de Liliane Prata.

Encontrei um delicioso chicklit que, por puro preconceito, quase desisti de ler. Que bom que foi quase!! Não fiquem chocadas, eu explicarei... é que no próprio site da Liliane Prata eu descobri que era um chicklit lésbico, e eu sinceramente não saberia se um livro nessa, digamos, temática, faria muito meu estilo. Resolvi ler e pensei, se a coisa ficar meio estranha eu simplesmente pararei.

Que NADA!!!!! O livro é uma de-li-ci-nha!

Conta a estória de Marina, uma publicitária que, devido a um dos seus projetos se vê obrigada a conversar em um chat aberto, e lá ela conhece Rafa. Inicialmente ela tem altos preconceitos em relação pela net, porém não consegue evitar de se envolver com ele, e daí surgirão vários "dramas" que te farão rir muito, torcer e até mesmo se questionar.

AGORA FOGE QUE LÁ VEM SPOILER! (arraste o mouse para ler)
Porém... o que eu não disse acima (poupando a galera que não curte spoiler) é que Rafa não é Rafael, e sim Rafaela, e que o drama é que Marina não aceita e custa a admitir para si mesma que está envolvida por uma mulher.

Tentando não dar spoiler, posso dizer que sinceramente simpatizei MUITO MAIS com Rafa do que com a Marina. Sem dúvida nenhuma personagem muito mais bacana! Pena que o livro foi escrito na visão da Marina.

Algumas passagens eu discordei um pouco, já que acredito que Marina NUNCA faria determinadas coisas. Realmente não pretendo (e não vou!) estragar, mas o segundo encontro ("físico," quero dizer) de Marina e Rafa não me convenceu, mesmo. O primeiro eu achei viável, o segundo não. Para quem leu ou ler, vai entender exatamente o que estou falando.

O final me decepcionou bastante, pois por mim ele seria totalmente diferente. Poxa, ri o livro inteiro, AMEEEEI as tiradas que a autora dá em inúmeras passagens e, por isso, acredito que o mesmo tom de comédia poderia ter ido até o final. Coisa que não aconteceu. Não, calma, não que o final seja triste. Quero deixar bem claro que EEEUUU não gostei do final, mas isso não quer dizer que ele seja ruim, ok?

Bem bacaninha, bem leve! Eu gostei!

26 comentários:

Laura Schwartz disse...

Pois é, concordamos em pontos e discordamos em outros, mas no geral, a idéia acho que é a mesma, é um livro bacaninha que por motivos diferentes para cada uma poderia ter sido melhor.

Diana Bitten disse...

Cada dia mais a gente tem opiniões diferentes sobre um mesmo tema, não é mesmo?

Isso aconteceu com o Apanhador, que eu gostei muito mais... agora com esse, que eu gostei bem mais que vc... Nem sei, mas estou achando que nossas opiniões estão cada dia mais divergentes rsrsrs.

Menos Kenshin, Kuroshitsugi, (...), Stephenie... rsrsr tsc tsc tsc.

Laura Schwartz disse...

A gente sempre teve opiniões bem diversas sobre várias coisas, desde novinhas. Com tudo que a gente tem em comum sempre teve gosto musical diverso em pontos, filmes que agradam só a uma, etc.

Então não acho que estamos mais divergentes ultimanente, não.

Diana Bitten disse...

Estão divergentes mesmo!!!!!! TANTO QUE vc acabou de discordar de mim!!!

AHUAHUAHUAHAU

E quando a febre do anime passar, não seremos mais amigas!!! TÁ?!?!?!?!

Laura Schwartz disse...

Três palavras: Vai à Merda!

Diana Bitten disse...

hi-hi-hi...

Adrianne Ogêda disse...

Meninas, assim vcs só aguçaram minha vontade de ler, deu até briga de amiga! (rs)

Patota disse...

Esse m~es vai ser difícil pra mim =[ Já estou há 1 semana com o livros "Doidas e santas", mas não tô com nenhuma vontade de ler.

Diana Bitten disse...

Olá Adriane!

Eu acho que o livro vale a pena dar uma conferidinha, porém tenha em mente que não será o melhor livro que vc já leu em sua vida. Espere momentos de ÓTIMAS TIRADAS e VÁRIAS RISADAS! Bom, no meu caso gargalhei, pois tenho o riso meio solto.

E briga com Laura? Everyday! rsrsrs

Abços e bem vinda!

Diana Bitten disse...

Olá Patota!

Isso é péssimo!!!! Estar com o livro na mão, sem vontade e TENDO que ler.

Detesto me sentir pressionada! Por isso mesmo mesmo sendo uma leitora fanática eu nunca li os livros obrigatórios pela escola (aliás, apenas 2, Dom Quixote e Vidas Secas).

Um beijo!

Patota disse...

Eu até que li os obrigatórios. O problema é que eu não gosto muito de livro de crônicas.
Gosto de crônicas desde que eu não tenha que ler uma coletânea, um livro todo apenas disso. Uma ou outra de vez em quando.
Só que a anta aqui não procurou saber antes do q se tratava o livro. Fui pela autora. ¬¬
Acho q irei ler uma crônica por dia.

Vidas seca = perfeito.
Chorei rios com Baleia.
kkkkkkkkkkkkkk

Diana Bitten disse...

Nossa PATOTA, nem me fale da Baleia!! Quase morri desidratada aquele dia!!! Meu deus do céu, chorei oceaaaaaanos! Coisa mais triste do mundo.

Sem duvida umas das partes de livro mais tocantes em toda a minha vida. E não, não estou exagerando.

Abços!

Mi Müller disse...

O surto psicótico de Diana e Laura nos comentários coroaram uma ótima resenha com risadas homéricas... quando li a resenha da Laura (sem spoiler, não que eu me importe, as minhas também tem KKKKK) já tinha imaginado o "segredo" agora só confirmou, e acho que deve ser bem interessante.

estrelinhas coloridas...

Laura Schwartz disse...

Obrigada Mi, são anos de prática!

Diana Bitten disse...

Olá Mi, a coisa mais fácil de encontrar entre mim e Laura são surtos psicóticos, aliás, vc perdeu a leitura que acabamos de fazer no skype rsrsrs

Ahauahuah Muito boa Laura, é, são anos de prática!!! ahuaha

Claro que, quando vc enjoar de animes, nós vamos parar de nos falar, né? AAAAAAAAHAUHUAHAU

Laura Schwartz disse...

Porra Diana, daqui a pouco vão achar que somos as psicopatas da net!

Diana Bitten disse...

Não não... psicopatas não perdem tempo digitando em blogs, e nem lendo livros simultaneamente no skype, e sim planejando matar pessoas, não?

Somos À TOA, e não PSICOPATAS! rsrs

Laura Schwartz disse...

Tô até me sentindo meio desocupada demais agora!

naomi disse...

poxa, "bacaninha" equivale a dizer que "fulano é smpático", só pra não ferir os sentimentos alheios... lol! mas, como escrevi pra laura, tem certos livros que as resenhas bastam. as suas meio que se complementam.

Diana Bitten disse...

Olá Naomi, ahauah adorei a definição de "bacaninha".

Mas quero deixar claro que ele não é apenas simpático, é muito gostosinho de ler e rende muitas risadas!

Só o final que EEEEEEUUUU faria diferente. Mas recomendo, é gostosinho!

Beli disse...

Só de ler os comentário-debate já deu vontade de ler o livro...
Parabens pela resenha (Adoro ler spoiler... eu sou o tipo de pessoa que lê o final antes do começo do livro...)
E parabens pelo comentários... que rendeu, heim... muito bons!!!
bjus

Diana Bitten disse...

Olá Beli, seja bem vinda!

E obrigada pelos elogios, são sempre apreciados por aqui! rsrsr

Beijo!

Larissa, Lara, Lalá, .... disse...

O que eu gosto mais neste Desafio e exatamente as visoes diferentes do mesmo livro!!! Temos que ler para saber, nao e'? Beijos

Vanessa disse...

Aff, mais um livro que entra pra minha lista já enorme!

Ah, eu também sempre me divirto com os comentários e discussões da dupla Diana e Laura, meio que já faz parte das resenhas!
Bjks!

Diana Bitten disse...

@ Larissa:

É, os gostos são tão diferentes, não é mesmo? Mas olha, em relação a esse, uma coisa eu tenho certeza, todos irão rir muito com ele.

@ Vanessa:

Olha, eu estou chegando a um ponto que entro em desespero quando acho mais um livro que queira ler, já que minha lista está enooorme!

Ai penso assim: "em tal época (dia, semana, mês... ano!) conseguirei tempo para ler este" rsrsr mas a coisa só aumeeeenta!

Resumo: tenho livro para ler em toda essa encarnação.

Beijos!

Vivi disse...

Hummmm...esse livro já está me conquistando. Quero ler, hein?

Beijos