quarta-feira, 8 de abril de 2009

Ortopedista

Olha, até eu ando meio de saco cheio dos meus posts depressivos ou mal-humoradoa, mas parece que atraio.

Como já disse tenho problemas com médicos. Mas era apenas a nível pessoal. Era (ou quase).

Hoje fui no terceiro médico por causa do meu pé (que simplesmente não sei mais o que faço) e, papo vai, papo vem, chega a isto:

Ele: - É por isso que eu mando a conduta para os fisioterapeutas.
Eu: - É o que?
Ele: - Eu mando alongar isquitibial, fazer banho de contraste...
Eu: - Vc manda CONDUTA?
Ele: - Mando, e se eles não seguirem eu mando recado, se continuarem não seguindo eu mando o paciente trocar de fisioterapeuta.
Eu: - Eles estão certos em não seguir! Eu não seguiria conduta de médico nenhum, já que EU sou responsável pelo meu trabalho.
Ele: Você não serviria para trabalhar comigo! (E QUEM DISSE QUE EU QUERIA?)
Eu: - Nem você serviria para trabalhar comigo. Eu não estudei 5 anos para que ninguém mande o que devo fazer!
Ele: - Eu acredito em trabalho multidisciplinar.
Eu: - Eu também, mas isso que você faz não é trabalho multidisciplinar!

E o meu pé? Onde o meu pé estava nessa estória? Estória essa que, inclusive, continuou, até que o telefone (graças a Deusa) tocou, e quando voltamos a nos falar (apesar da atmosfera estar tensa), era para simplesmente prescrever um analgésico e dizer que eu tenho sim que voltar as minhas atividades, setindo dor. "Para isso serve o analgésico".

Trabalho multiprofissional deve existir (trabalho este, inclusive, que eu faço todo santo dia, com médico, enfermeira, e auxiliares), assim como RESPEITO multidisciplinar deve existir!

Temos bons e maus profissionais em TODAS as profissões! Seu fisioterapeuta não bota a mão em você? Desconfie! Seu fisioterapeuta só te "pluga"? Desconfie! Mas seu médico é o dono da razão? Desconfie! E muito! Essa onipotência e onisciência médica é absurda! E injusta!

6 comentários:

Nuno Medon disse...

olá! O que é conduta? as melhoras para ti! beijos

Diana Bitten disse...

Bom dia Nuno!

Eu acho tão interessante o fato de falarmos a mesma língua e não entendermos tantas coisas.. rsrs

Conduta pode ser: "manifestação comportamental individual (boa ou ruim), dependendo do código moral no qual ele vive"

Porém, há outro conceito, que foi o que eu quis dizer, que seriam as "atitudes terapêuticas escolhidas para lidar com o paciente".

Um beijo!

Belita disse...

Concordo contigo, Diana.

Médico dono da verdade é terrível.
Minha mãe me disse que minha endocrinologista ia me passar um sermão porque eu escolhi não tomar o remédio que ela passou, só fazer a dieta (para pré-diabetes). O que ela (mamis e a médica) precisam entender é que o tratamento é uma sugestão do médico, não uma imposição, sacou?

E ainda tem aquela parada da lei do ato médico (acho que é isso). Ainda bem que não vingou, ou todas as outras áreas de Saúde iam virar auxiliares do todo-poderoso médico.

Bjos!

Diana Bitten disse...

"Ainda bem que não vingou, ou todas as outras áreas de Saúde iam virar auxiliares do todo-poderoso médico."

Pois é querida, que bom que algumas pessoas tem a mesma visão que você!

Só que eu tenho uma má notícia. Ela ainda está rolando por ai.

É cada absurdo, né?

Isso tudo em função de poder, sabe né? Não é para melhora do atendimento (muito pelo contrário!), é para manter a "hegemonia médica"!

gyabbo disse...

Se isso é "multidisciplinar", prefiro trabalhar sozinho então. Acredito muito em médicos, muito mesmo, mas não acredito que eles devem ter a última palavra, cada profissional do seu lado.

Faço Psicologia e tenho é medo dos problemas que vou ter com psiquiatras...

Diana Bitten disse...

É justamente esta questão amigo. O MULTIDISCIPLINAR para o médico é: "eu mando, vc obedece".

Para eu aceitar isso tenho que nascer de novo!

Acredito que essa sua questão com os psiquiatras é a mesma minha com os ortopedistas (principalmente).