domingo, 4 de outubro de 2009

Final de Semana sóbria

Na minha tentativa de parar de beber, já que pretendo emagrecer e andar de moto, saí esse final de semana e fiquei sóbria, pelo menos praticamente. E descobri que ficar sóbria às vezes é muita furada, já que nós temos que passar e ver coisas que quando estamos bêbadas simplesmente não percebemos.

Para quem me conhece sabe que tenho evitado sair aqui, já que os programas não fazem meu estilo, assim como as pessoas... porém pelo menos uma vez por semana me obrigam a sair de casa, e nessa semana isso aconteceu duas vezes. Dois programas totalmente diferentes, que me fizeram perceber algumas questões e rever alguns conceitos.

O primeiro foi em um forró frequentado por todas as classes, com prevalência das "menos abastadas", aquele esquema de até meia noite mulheres não pagam, então imaginem. O segundo já foi um show acústico no clube de elite aqui desse "abrigo anti-bomba" (vulgo Muriaé), onde SÓ frequenta o povinho "abastado" que só toma absolut e black label (eu era a única tomando Skol! Eita espírito de pobre!).

Resumo do forró: ri até me acabar, suei e dancei até me acabar literalmente. Sem o mínimo de preconceitos, aceitando dançar (e tendo que fugir depois, rs) a noite toda, com todos os rapazes (inclusive aqueles de boné e correntão de ouro... preciso desenhar?). Mesmo sendo em um local popular todos se comportaram muito bem, foram muito civilizados e atenciosos.

Resumo do show acústico: A frase ouvida saindo de casa no sábado: "Pronta para capotar Diana, pq hoje vai ser PT. Meu sonho sempre foi tomar glicoseeee!". Em 40 minutos 4 meninas acabaram com a garrafa de absolut e 8 latas de energético, ai passaram a roubar a vodka da mesa ao lado (essa com certeza eu não preciso desenhar). E no final do show eu estava de motorista para 1 incosciente (a responsável pela frase acima), 1 vomitando sem parar e 1 muito doida que estava pegando um gay (e espalhando - chocada - para todos tal fato). Foram TANTOS acontecimentos e perrengue que daria uns 10 posts, mas não entrarei em detalhes, mesmo que alguns (poucos) tenham sido hilários!

Olha, considerações finais:
- Sempre vá na night com o SEU carro, sempre que puder recuse caronas.
- Não seja a única sóbria da mesa.
- Não discuta com bêbados.
- Não use tomara-que-caia quando você for beber muito.
- Lembre-se que no ambiente tem pessoas sóbrias (ou quase) e que você pode estar dando um grande vexame.
- Não vomite no seu carro ou (pior) nas pessoas.
- Sempre tome banho ao chegar em casa.
- Não se iluda com ambientes "alto níveis".
- Beba sim, beba sempre, mas saiba beber!

É gente, minha percepção (quase) sóbria e minha percepção bêbada muda da água para o azeite extra-virgem!

2 comentários:

Laura Schwartz disse...

Isso é óbvio, se você vai sair com um grupo que bebe, esteja preparada pra beber porque ser a única sóbria no meio é horrível. Mas eu agora não bebo mais, só socialmente e nem o suficiente pra ficar altinha, e fico com o resto das pessoas que bebem de maneira civilizada também.

Diana Bitten disse...

Olha, beber é uma coisa, eles não beberam (isso nós fazemos normalmente), eles beberam MUUUUUUITO!

No skype eu conto os detalhes! Vc vai chocar!

Ah, e aliás, como eu disse, tb to parando de beber.