segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Um Amor de detetive

Estive para comprar esse livro diversas vezes, mas por algum motivo idiota fui protelando, até esse final de semana que após sofrer de uma fast-deprê hormonal resolvi ler. BENDITA HORA!

Olha, para quem leu e não gostou, ou para aqueles muito chatos e pseudo-intelectuais (antes de mandá-los catar coquinhos) vou logo avisando que admito que não é um livro que irá te acrescentar informações importantes ou mudará seu caráter, como uma boa lição de vida. Mas meu humor de - 25 evoluiu para uns bons 8 (numa escala de -40 a 10). É exatamente para isso que servem os chick lits!!!

Inicialmente a autora forçou um pouquinho a barra, já que a primeira cena tem uma mulher com um preservativo entalado, mas com o fluir do enredo a coisa melhora - e muito - e as crises de riso foram impossíveis de conter!!! No geral a estória não é nenhuma obra prima, mas tem umas tiradas MUITO engraçadas!

Conta a estória de Holly, uma repórter que consegue uma promoção no trabalho que a leva para uma série de matérias policiais, mas para isso Holly deverá acompanhar o sargento James Sabine (um policial que TODAS deveriam ter de reserva para casos de necessidade, ao meu ver). Porém os dois são opostos e logo de início Holly percebe uma grande hostilidade da parte do Sargento. Ou seja: ela terá que aturar um policial estressado, prestes a se casar, mal humorado e perfeito - e ele terá que arrastar um encosto desastrado, falador e que só o trará problemas por seis semanas. O livro nos apresenta ainda personagens secundários muito bacanas e bem montados, destaque para a mãe de Holly, com a qual eu dei boas risadas.

Podem concluir que eu sou meio lesada, mas o final até me surpreendeu, já que eu jurava que ela ia partir para outra linha... estou sendo vaga para não estragar mesmo. Mas eu adorei, foi bem do meu atual estilo!!

Eu recomendo!! Recomendo para distrair, para fazer rir, para levantar o astral, pois foi exatamente isso que ele fez a mim!! Leia AQUI.

7 comentários:

Laura Schwartz disse...

Está na lista. Assim que terminar o próximo do desafio Agatha Christie o lerei. Ai você me mandando coisas pra ler, me deixa louca! rsrsrsrsr

Bjo.

Diana Bitten disse...

Mandarei sempre rsrsrs, exatamente como vc faz comigo.

Vica disse...

Gosto de livros que provoquem risadas, nem sempre a gente quer leituras "pesadas". Obrigada pela visita.

Diana Bitten disse...

Bem vinda Vica, quer dar risadas? Com certeza esse é uma boa pedida.

Abraços e até o próximo mês!

Emanuel J Santos disse...

Vlws pelo comentário lá no Conversas. Como postei lá, esxiste uma coleção da Bianca, da qual o Unidos para Sempre faz parte, que é a coleção Romance Místico. Destes, o livro é o 880. Deve haver mais alguma coisa, mas realmente não sei. =/
Grande beijo e volte sempre!

lukard disse...

Ano passado eu cumpri minha meta de ler 6 livros (tá bom que um deles foi O Pequeno Prícipe e meus amigos me sacaneiam dizem que ele conta como meio livro!).

Anyway, este ano estou proletando, tenho alguns livro em casa que eu não toquei ainda!

Tenho que inicar em breve para tentar cumprir a meta de cindo deste ano!

Abraços.

Diana Bitten disse...

OLha, sem brincadeira, eu sou tão viciada, mas tão viciada que acho que só esse ano eu já li uns cinco livros.

Tudo bem que a maioria deles foi romance-romântico-água-com-açúcar, que não conta muito... já que é por influência do desafio literário.

Uma abraço amigo, e boa sorte na sua meta!!! Se quiser dicas de leitura,e só pedir!