domingo, 22 de março de 2009

Violão

Esses dias estava conversando com uma amiga sobre meus pequenos desejos: andar a cavalo, tocar violão, cantar (isso realmente é a única coisa que, pelo bem da humanidade, eu não tentarei), nadar e ter uma fazenda bem isolada para me enfiar lá dentro e não sair para nada. Ai, depois, pensando nisso, cheguei a uma conclusão: eu queria ser o Almir Sater! Rs

Bom, na minha mais nova tentativa de perseguir essas minhas paixões... vou eu ao violão. E só tenho uma palavra ---> MEDONHO.

E só uma coisa passava pela minha cabeça: "Ihhh Diana, desiste, você não tem mão para o violão". A célebre frase do Gustavo, marido da minha prima e cricri de carteirinha.

Ai quando eu comentei com meu "professor", ele disse: "Não, relaxa, eu já vi anão tocar violão"! Não sei se serve para consolar ou para desesperar.

Bom, sinceramente fiquei frustrada. Mesmo com o professor dizendo: "Você não esperava sair tocando hoje, né?" Uai... teria alguma mal nisso?

Cara, meus dedos estão totalmente anestesiados, frustrados, deprimidos e se sentindo inúteis. Como pode as pessoas tocarem sem fazer um esforcinho??? Gente, tem algo de muito errado, esse povo nem faz força! E ainda sorri! Isso quando não rebola e canta ao mesmo tempo! E EU? Que quase não consegui conciliar minha respiração ao movimento dos dedos!!!

Quase morri no sol (um deles, pois o outro nem tentei), nem cheguei no fá, não lembro do dó, (muito esforço mental para escrever isso), só agradeci a Deus por existir o Mi, que foi a que definitivamente acertei (também né, só usa dois dedos!).

Nesse momento estou mentalizando o mantra: "Sou brasileira e não desisto nunca"!

4 comentários:

Lancaster disse...

Pior que esse é um pequeno desejo secreto que eu tenho desde a infância: aprender a andar a cavalo. Mas isso é algo meio distante a essa altura da vida e levando em conta o fator geografia. :)

Diana Bitten disse...

Olha... eu acho que a gente sempre deve correr atrás das coisinhas, principalmente as pequenas, as quais sempre desejamos.

Acho que esse é um dos grandes baratos da vida, que, hoje em dia, não está NADINHA fácil.

Laura Schwartz disse...

Passei pela mesma coisa quando tentei, meus dedinhos são muito minúsculos. Medonho é a palavra certa.

Diana Bitten disse...

Vc tentou tocar violão??? O.O

Tá vendo? A gente nunca sabe tudo de outra pessoa...