quinta-feira, 5 de março de 2009

Amadeus

Apesar de ser um filme de 1984, eu ainda não o tinha visto. Um absurdo, pela obra que é. Não é por ser o ganhador de oito Oscars, e sim pela qualidade de filme que se trata, que vale muito a pena assistir!

Amadeus conta a estória romanceada sobre a vida de Mozart, principalmente seu final, através de excelentes interpretações, com destaque para F. Murray Abraham, no papel de Antonio Salieri.

Vi a cópia Diretor's Cut, e foram TRÊS horas de filme. E veria mais, já que continuo sedenta por mais detalhes dessa vida tão interessante e, ao mesmo tempo, perturbada que Mozart teve.

Adorei a direção, adorei o roteiro, mas gostaria muito de saber até que ponto foi romanceado e por onde basearam a obra. Obviamente alguns dados foram fiés, mas não tenho certeza (já que não sou uma estudiosa no assunto) até que ponto outros episódios existiram. Isso me deixou muito curiosa.

Pelo o que eu andei rapidamente pesquisando, por exemplo, Salieri não teve o tipo de relação com Mozart que mostra o filme. E que de modo algum foi medíocre como é mostrado. Eu não posso opinar pois, apesar de amar, não entendo nada de música, principalmente erudita. (Além de que musicalmente falando eu posso ser considerada surda)

Olha, recomendo, o filme me deixou paradoxalmente dividida entre uma profunda melancolia e um "gostinho de quero mais" imenso!

9 comentários:

Laura Schwartz disse...

Realmente, é um PUTA de um filme.

Diana Bitten disse...

Valeu pela dica! ;)

Nana disse...

menina adorei teu blog, simplesmente. Agora vamos ter que disputar o Hiroshi!!! vi que você esta começando a assistir doramas, ah menina vou logo te avisando que é um vicio! comecei com um manga inofensivo de shojo e hoje sou viciadérrima!
beijocas

Diana Bitten disse...

Olha... disputar o Hiroshi comigo será difícil, pois eu estou CHAAAAAAATA com isso! Simplesmente grudei!

Ele conseguiu realizar TODAS as minhas fantasias sobre mangás e animes. Para mim ele personificou as minhas imagens mentais dos Kanames, Kenshins, Tamahomes, e Chiakis... nossa!

Obrigada pelo elogio e volte sempre!

Leana Bittencourt disse...

Este filme é sensacional!!! Tenho o original em casa e vejo sempre!!!

Diana Bitten disse...

Por que vc nunca tinha me indicado??

True blood, aquela porcaia vc me indica, esse não?

Ahauahuahuahua

Lancaster disse...

Esse é um filmaço e eu nem sabia da existência desse director's cut! Vou fazer isso agora.

Ah, uma coisa: tudo bem você desativar seu following do meu antigo blog e migrar pro novo endereço? Eu estou tentando encontrar alguma forma de contatar todos os outros followers de uma vez para fazerem isso, e não encontrei um recurso técnico nesse sentido... :\

Diana Bitten disse...

É, achei essa cópia na net mesmo...

Farei isso sim, nem pensei nisso pois eu chego a vc na ida diária aos favoritos, entende?

Abço!

Lancaster disse...

Abraço também.:)