quinta-feira, 23 de outubro de 2008

Tempo de sobra, Paranóias Modernas e afins

Fonte da imagem: Blog seja o que for

Sobrar tempo demais é muito complicado, pois raramente o aproveitamos da forma devida. Eu tenho algumas teorias:

- Quando o corpo está ocupado (de uma forma saudável) a mente trabalha de maneira mais otimizada. Ou melhor, evita o supérfluo, já que tem que guardar espaço para absorver da melhor maneira todas as informações.

- Quando o corpo se excedeu a mente é albergada. Isto é, os pensamentos chegam a estar relativamente no modo “racionar energia”.

- Quando o corpo está fazendo nada - sedentário, a mente cria asas. Mas entendam, como toda criatura que cria asas do nada, ele se empolga. Ai é complicado o consciente segurar a onda, e a coisa vai se avolumando, até que surgem as (como chamar?) Paranóias Modernas.

Tais PM (paranóias modernas), podem ser de vários tipos, agudas ou crônicas, ransitórias ou estabelecidas, sinestésicas ou estáticas, letárgicas ou ansiosas, sensíveis ou agressivas, isso depende de quem está passando e do momento.

A mente do acometido por PD não funciona direito, forma opiniões para no segundo seguinte perceber que pode estar enganado, concentração zero, falta de foco, apatia que mescla com euforia, atitudes não condizentes com sua personalidade, que aliás, aonde se meteu? Ocorre que, no meio disso, perdem-se as verdadeiras pessoas.

Acredito que estou numa fase de PD. Paradoxal, já que é devido ao excesso, mas ao mesmo tempo, falta de atividades. Produção útil? Zero. Acréscimo ao planeta? Zero. Utilidade para humanidade? Zero.

6 comentários:

Emiliana disse...

Vc devia dar uma de futil e sair por ai, sem destino, aproveita e da uma olhada numas roupinhas pra esse calor da morte que ta aki, apesar de que aki nao e tao bom quanto la, mas da pra distrair. nem sempre precisamos acupar nossa mente com coisas importantes. Bobeira tambem e bom.

Diana Bitten disse...

Poxa, mas olha, isso é a única coisa que tenho feito, isto é, bobeira... (não cheguei a ponto de olhar vitrines ainda, pois isso eu detesto!)

A questão é justamente esta. Eu PRECISO ocupar minha mente com coisas importantes e não estou conseguindo! Coisas produtivas...

nilo disse...

Ola! Senhorita Diana bitten!

Adorei sua linha de raciocinio e seu humor.... Sou amigo da Emiliana me nome e Nilo, td joia?
Espero que sim!
Tem msn? se tiver me add ai viu, adoro conhecer noivas pessoas
niloras@hotmail.com

nilo disse...

Ja ia esquecendo de comentar!

bem, te entendoo perfeitamente...
Acho q todos nos qd moramos em um lugar estranho sem pessoa amigos em conhecer oq rola, e complicado, qd morei no RIo que lugar sem gra''ca apesarde ver pessoas indo pra cima e pra baixo, fazendo alguma coisa, poucas cosias me encaixei enste vai e vem frenetico, qd morei em Jf, me encaixei amsi facilmente, mineiro, tem um vai e vem romatizado bobo, mas com malicia... e so descobrir em que tcoa entrar!

Diana Bitten disse...

Obrigada pela visita NILO, e obrigada pelo elogio quanto à minha forma de escrever.

Espero que continue acompanhando!

Laura Schwartz disse...

Sem comentários, minha mente nem tem mais corpo pra voltar, porque enquanto ela tá "voando" acho que meu corpo até já apodreceu. RSrsrsrsrsrsrsrsr

Acho até que já passei da sua fase, e estou na fase em que tudo é um branco. Estou em meditação crônica. Hahahhahahahaha!