terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Procurava um Marido e Encontrei um cachorro

Livro estlilo Chicklit que, como em todos eles, faz a gente morrer de rir em algumas passagens. Então me distraiu bastante, porém não foi um dos melhores livros da minha vida.

Em alguns momentos a leitura fluía perfeitamente e de repente sem motivo algum travava. Ai inicialmente eu pensei: o problema é comigo, ando tão cheia de coisas na cabeça, não estou me concentrando direito.

Porém, ao longo da leitura, conforme o fato se repetia, percebi o que foi o erro faltal do livro: a autora de uma maneira infeliz misturou estilos. Passava com muita facilidade da comédia para o drama. Aliás, da "comédia rasgada", para o "drama social", se é que me fiz entender. (Então a culpa não era minha!)

E isso acabou por me fazer ter picos de interesse, alternados com picos de um certo desânimo, esperando para ver o que vinha a seguir.

Bom, falando da boa parte agora: as crises de riso. Posso contar facilmente umas quatro crises de riso, fora as risadas ocasionais. Para quem for ler, fiquem atentos na primeira cena "mais intensa" dela com Nick, nessa realmente eu morri de rir!

Resenha: Ginger Petrocelli, uma Nova Yorkina meio judia meio italiana, acaba de ser abandonada no altar por Greg. Além disso começa a acontecer um "acidente" após o outro em sua vida... perda do emprego, perda da casa, perda da casa novamente, perda do cachorro (que nem era seu)... ela terá que se acostumar a uma nova realidade e, no meio disso tudo, se encontrar. É narrado de forma bem-humorada, sutilmente irônica e bastante realista.

Recomendo, como leiturinha de domingo! Pode ser encontrado (free) AQUI!

6 comentários:

Laura Schwartz disse...

Tô querendo ler, mas estou sem espírito pra ler no computador. Uma hora dessas tomo coragem.

Diana Bitten disse...

Tenho certeza que você identificará a tal parte que quase rachei de rir...

Vale a pena, diverte e entretém muito.

Mas vc TB vai notar que as vezes a autora perde o ritmo.

Nilo Ras disse...

caracaaa! Diana vc e lesbicaa!!

Vc tem uma cachorra e sua amante e uma gataaaaa!!!

Ela qd vou ai ainda flerta comigo na emsma casa!
kkkkkkk
Amiga amada saudades...!

Diana Bitten disse...

Caraca Nilo.. rsrsrssr TINHA que ser vc a fazer esse comentário!

Para vc, LITERALMENTE, só Jesus!!!

Débora Lauton disse...

Oi Diana,

Sabe que depois que escrevi, achei que estava muito exigente... hehehe...
Mas foi super legal ver seu comentário, aliás... acho que você se expressou melhor quando disse que ela misturou os estilos...
bjs...
Dé...

Diana Bitten disse...

Obrigada, Débora, pela visita!

Não achei que você estivesse muito exigente não, mas sabe como é, né? Nós somos os nossos principais carrascos!

Bjo!