sábado, 29 de novembro de 2008

A Invasão



Tinha esquecido de postar isso, como é que eu não sei...

Estava eu e um amigo conhecendo novos lugares e procurando possíveis terrenos para aquisição. Após muita labuta consegui achar um local do meu agrado, bem parecido com a minha "Terra Natal" (piada, se é que alguma coisa nessa terra se parece com Terê), e que eu me senti realmente confortável. Entendam CONFORTÁVEL, não completa.

Mas não importa, voltando ao fato: na última rua do bairro encontramos algumas casas recentemente construídas e vazias, esperando para serem vendidas. Ai, eis que surge a idéia "de rato" (impressionantemente não veio da minha cabeça, e sim da dele), "Vamos entrar?".

Cara, o troço estava trancado, cadeado no portão, que era alto. Eu de salto. Fala a verdade: o troço ia dar certto? Claaaaaro que não. Bom, lá fui eu, subi, sentei no muro, pulei lá prá dentro. Moooole! Tinha uma jardineira que facilitpu muito as coisas pelo lado de dentro.

Analisamos cada pedacinho da casa (aliás, do ovo, pois daquele tamanho casa é que não é), tentamos fuxicar a vizinha, mas não deu. Ok, satisfeitos. Ai Deus, e a volta??? É, meus queridos, ai foi que o bicho pegou! Pois, a tal jardineira facilitava o acesso, mas como pular do muro ao chão? já que não dava prá alcançar a grade do portão? Só um jeito (na minha cabeça insana), fazendo de qquer forma e vendo no que dá - ai eu pulei (no meio do caminho lembrei que estava de salto!) e fui ao chão. É, no chão mesmo, com o bumbum, direto.

Resultado: fique levemente "descadeirada" (como diz o povo) e aprendi a lição de que: 1) não se invade residências, 2) se houver mesmo necessidade não faça de salto e 3) não confie em contrutores jamais (eu fui na contrutora ver o preço da casa e o cara teve a ousadia de me falar que era grande e super bem dividida - desde quando um ovo cabe mais que um pinto?).

12 comentários:

Laura Schwartz disse...

Caraca, já fiz muito de invadir casa pra olhar dentro. Isso que dá ser dampira!

Diana Bitten disse...

Vc devia ter comentado a estória do banheiro.. rsrsrsr

Laura Schwartz disse...

Ah, que tem umas casas tão pequenas que o banheiro vc senta no vaso, escova o dente e toma banho ao mesmo tempo?

Diana Bitten disse...

Rsrsr a forma como vc falou (no skype) foi muito comédia!

Nilo Ras disse...

kkkkkkkkk!!!!!!
Poxaa pq eu semrpe perco esta aventuras...
kkkkkk
Bem Up pro comentario da Lauraa! kkkkk!!

Qual seraa proxima avenrtura

Ps: onde couber interrogacoes imaginem por favor!

Diana Bitten disse...

Aventuras ou furadas?

rsrsrsrsr

Nilo Ras disse...

Poxaa Posso dar minah versao do fatoo!

Diana e aquela amiga que vc chama
ela te olha fala vamu..
com aquele sotaque carioca
fera d+++
Diana e parceira nerd que faltava

vivian disse...

caraca diana, vc ta realmente interessada em uma casa!pq vc ñ vai a alguma imobiliaria, como as pessoas normais

Diana Bitten disse...

Por que raios vc insiste em me chamar de nerd???

Quantas vezes eu vou ter que te falar que eu não sou nerd!

Só porque eu gosto de ocmputadores, livros, animes, seriados e inúmeras outras estranhezas (além de estar solteira) eu não posso ser considerada nerd!!

Ai.. ou posso? O.o

Diana Bitten disse...

Para Vivi:

Minah querida, e DESDE QUANDO eu sou normal?

Só pessoas normais fazem coisas normais, não é verdade?

Titie disse...

hahaha... Mas a casa era tão pequena mesmo? Porque já tem história!! Imagina vc lá contando pros seus netos sobre a primeira visita à sua casa??
Beijocas

Diana Bitten disse...

Titie:

Claro que o comentário com o fundo mais "romantizado" tinha que ser o seu, né?

Nunca crpitica e sempre sonhadora... rsrsrsrs Essa é a titie!