quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Sumida... o que tenho feito?

Parece que tenho feito mil coisas, pois não tenho parado muito, mas para ser sincera ando mesmo é meio relapsa com o blog já que, na minha opinião, tempo se arruma. Vivo "ouvindo" por causa disso...

Não sei o que tem acontecido direito, mas parece que não tenho vivido minha vida plenamente, fico simplesmente pulando de um compromisso para o outro e com péssimos momentos de descanso no meio, já que não os aproveito devidamente, ou melhor ainda, não os curto. Simplesmente me abandono na frente do PC ou no sofá e, pronto, acabou o tempo!

Decidi (eu sei, pela milésima vez no ano) que vou praticar alguma atividade física e declarar guerra ao meu lobó (lobó para quem não sabe é aquela pochetinha abdominal ridícula!), pois assim eu focarei em alguma coisa mas saudável (já que, é bom deixar claro, meus lazeres passivos acima são regados à cerveja).
Bom, voltando... resolvi blogar hoje para contar sobre um filme (mesmo que devido à minha prolixidade isso demore séculos...), o "Atividade Paranormal".

Tenho uma relação de amor e ódio com suspense sobrenatural, quem me conhece sabe. Da mesma forma que me excitam, me marcam e que, por isso, eu amo assistir, eles me MATAM de medo. Sou medrosa demais (aliás, chego ao cúmulo de semi-tapar o olho em algumas cenas. Vergonha? Não...).

Atividade Paranormal conta a estória de um casal de namorados que acaba de iniciar uma vida juntos e, com isso, estranhos fenômenos sobrenaturais começam a acontecer. O namorado, Mikah, resolve, então, comprar uma câmera para conseguir captar tais fenômenos e é ai que a coisa começa a piorar.

Não sei como resenhar isso direito (vai ver que desacostumei de blogar, devido a ausência rsrsr) , mas o filme tenta passar a impressão de se tratar de uma estória baseada em fatos reais, através de um "homevídeo", mas não consegue. Porém, ao seguir esse estilo ele acertou, aumentando o suspense, já que a falta de fundo musical, a forma de interpretação dos atores e a quantidade de filme em preto e branco aumentaram a tensão.

Levei uns três sustos grandes. Fiquei impressionada com o final. Não consegui dormir sozinha direito por uns três dias, admito. Mas valeu muito a pena e eu recomendo!

3 comentários:

Sapo disse...

Olá! Pois, eu compreendo, chega a casa cansada e só não adormeces em pé, porque existe o sofá e a cama pelo meio...ahh, e a cadeira.... Eu também gosto de filmes de terror..um filme que não hei-de esquecer é a saga dos Alien com a Sigourney Wheaver. beijos para ti e um bom fim de semana. Actividade física, tens que comprar uma bike com rodas e andar, andar.. porte-se bem!

Lady Yuraa (pptusachan) disse...

Oi, adorei seu mundo dos mangas, porque sou louquinha por romance e shoujo (e tambem sou yaoista de plantão, pra não ficar escondendo o jogo) e pelo que li vc tambem usa o skype. Adoraria entrar em contato com você e a Laura, se possivel é claro. Ainda não me aventurei por seus outros mundos, mas os do manga digo que 45% dos mangas que vc fala eu conheço, apesar de estar um pouco desatualizada, e tambem odeio chegar num manga que tá tão fodido de bom e perceber que ele não está terminado. Se estiver de legal pra você pelo menos conversqr comigo 1 vez no skype, mesmo que depois vc diga, nossa essa ai eu nunca mais dou um oi, eu não me importo não, já fiz isso com umas pessoinhas por ai, mas elas mereceram. Meu skype é ladyyuraacandybaby. Enquanto isso vou continuar a ler os seus comentários e começar a ler os mangas que me chamaram a atenção.

Beijos pra vc e pra Laura.

Clarice.

Diana Bitten disse...

Olá Sapo!
Bem vindo como sempre!


Olá Clarice!
Obrigada pela visita!

Olha só, claro que podemos trocar umas idéias, só temos quecalhar em estarmos online,coisa que tem sido um pouco rara ultimamente.

Abços!